Noticias

A Prefeitura de Mateus Leme comunica que há indícios de que uma pessoa esteja ligando para as residências da cidade, em nome da administração e do prefeito Júlio Fares, para oferecer bolsas de estudo em cursos de graduação e capacitação profissional, inclusive com cobrança financeira para adesão aos mesmos. Trata-se de golpe!

Portanto, se você receber ligação nesse sentido, desconsidere.

A prefeitura adverte que apenas em seus veículos oficiais informa sobre ações da administração pública ou parcerias voltadas aos munícipes.

Dividido nas categorias MC, DJ, dança e graffiti, o edital inédito da Secretaria de Estado de Cultura premia os segmentos da cultura hip hop com R$ 280 mil divididos em 28 prêmios; inscrições podem ser realizadas até dia 14 de novembro

No caldeirão das periferias das cidades fervilham importantes manifestações culturais. São locais que se configuram não somente como ponto de resistência, mas também como espaço de convergência. Um relevante mecanismo de empoderamento das comunidades e fortalecimento de suas identidades reside nessas culturas. A partir desse contexto, e visando alavancar a continuidade desse cenário, a Secretaria de Estado de Cultura lança o Prêmio de Cultura Urbana de Periferia – Canela Fina. Inédito, o edital visa a valorização, divulgação e estímulo à produção dos segmentos da cultura hip hop nas periferias, contemplando projetos ou ações já executadas ou em execução. O valor total da premiação é de R$ 280 mil divididos em 28 prêmios no valor de R$ 10 mil cada. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 14 de novembro. O edital e os formulários para participar do processo seletivo estão disponíveis no endereço goo.gl/q7oCpT.

Dividido nas categorias MC, DJ, dança e graffiti, o edital distribui sete prêmios para cada um dos grupos. O secretário-adjunto de Estado de Cultura, João Miguel, avalia a importância do ineditismo da ação. “Valorizar as linguagens urbanas é essencial para a cultura mineira. É nesse sentido que o secretário Angelo Oswaldo promove este relevante e imprescindível instrumento democrático”. Para a superintendente de Interiorização e Ação Cultural, Manuella Machado, o edital fomenta não só a produção contemporânea da cultura hip hop, mas também contribui para o fortalecimento da cena e do engajamento das próximas gerações de artistas. “Reconhecer a potência de uma cultura que nasceu nas periferias e que possui uma ampla capacidade de articulação e de discurso fortalece a produção e incentiva o surgimento de novos artistas”.

As categorias a serem contempladas são:

MC: músico que compõe e canta o rap ou que faz o freestyle

DJ: operador de discos que faz bases e colagens rítmicas sobre as quais se articulam os outros elementos do hip hop

Dança: estilos que contam com improvisação (freestyle) e eventualmente com batalhas (competições formais ou informais de dança). Os estilos são locking, breaking, popping, hip hop dance e krump.

Graffiti: inscrições caligrafadas ou desenhos pintados ou gravados sobre suportes que possibilitem a intervenção artística em espaços urbanos), o edital distribui sete prêmios para cada um dos

Prêmio de Cultura Urbana de Periferia – Canela Fina busca difundir, aprimorar e consolidar a noção de cultura urbana de periferia, que vêm redimensionando tanto suas identidades étnicas quanto as representações sobre o próprio contexto onde vivem. O nome do edital é uma homenagem a Anderson Luiz de Paula, mais conhecido como MC Canela Fina, que foi integrante do Retrato Radical, grupo referência do rap mineiro, com o qual gravou três discos: "Seja Mais Um" (1995), "O Barril Explodiu" (2000) e "Homem Bomba" (2010). Além disso, integrou em 1997 o grupo Black Soul, com o qual gravou o álbum "Patriamada", o primeiro CD de rap mineiro lançado por gravadora e com distribuição nacional. O disco saiu pelo selo Atração Fonográfica, que na época tinha artistas como Bezerra da Silva, Beto Barbosa e 509-E. Até hoje seu nome consta como um dos rappers com o maior número de registros fonográficos da capital, sendo que o primeiro álbum do rapper foi produzido em vinil pelo DJ A Coisa e lançado pelo selo local "Black White Discos". Canela Fina, ou Black, como muitos o chamavam, foi um MC habilidoso e um letrista versátil, considerado um dos melhores letristas do rap nacional. Sua morte, ocorrida em 2015 após um infarto, deixou um espaço vago na cena do hip hop mineiro.

Quem pode se inscrever no I Prêmio de Cultura Urbana de Periferia – Canela Fina

O edital é direcionado a artistas, produtores, coletivos e grupos ligados à cultura do Hip Hop. Podem se inscrever na premiação pessoas físicas, coletivos artísticos ou pessoas jurídicas sem fins lucrativos e que residam há, no mínimo, um ano em áreas de vulnerabilidade social de aglomerados, favelas e vilas dos municípios de Minas Gerais com população igual ou superior a cem mil habitantes. O edital irá contemplar projetos ou ações já executadas ou em execução.

 

SERVIÇO

I PRÊMIO DE CULTURA URBANA DE PERIFERIA – CANELA FINA

Período de inscrições: 03/10/2017 a 14/11/2017

 

Com o objetivo de conscientizar as pessoas acerca de fazer atividades físicas e implementar uma dieta saudável, a Prefeitura de Mateus Leme, por meio da Secretaria de Saúde, realizou o 2º Desafio Canviver, no último domingo (29); evento que reuniu, aproximadamente 1000 pessoas de diversas partes do estado, para a prática de caminhada, bike e Trail Run.

O evento também contu com a presença das crianças, no 1º desafio kids (corrida infantil), uma vez que a educação alimentar e esportiva começa na mais tenra idade.

Enquanto as pessoas disputavam as provas, as academias entreteram quem preferiu ficar na praça da matriz. Foi realziado circuito funcional – academia Atives, crossfit: Team Wod, teste de pisada, demonstração de maquiagem, aulão de zumba – academia Movemente, além de shows musicais.

E as atrações não pararam no domingo. Durante a semana, na segunda (30) e terça-feira (31), houve palestras de conscientização, ministradas por profissionais renomados na área, como o médico oncologista Ricardo Caponero; a master coach Mary Caponero, a nutricionista, especialista em psico-oncologia e coach em mindfulness e mindful eating, Rafaela Peixoto, e a psicóloga, psico-oncologista e coordenadora de pós-graduação nos curso de psico-oncologia e cuidados paliativos da Faculdade de Ciências Médicas, Marilia Aguiar.

As palestras foram voltadas aos alunos do ensino médio de escolas estaduais do município e aos profissionais das áreas da Saúde, Educação, secretariado, e autoridades dos poderes Executivo e Legislativo.

            Para fechar o evento, foi realizada uma bela confraternização com os usuários da Saúde que fazem parte do projeto Canviver. Homenagem, muita música, teatro e um delicioso lanche foi servido aos presentes.

As atividades fizeram parte da programação das ações da Campanha Outubro Rosa e Novembro Azul no município, com o objetivo de conscientizar a mulher sobre os cuidados e sobre prevenção ao câncer de mama e ao homem, sobre o câncer de próstata.​

Parceria entre poderes públicos, com intenção de promover a Educação no município, além de apoio da iniciativa privada, foram primordiais para o custeio da ida dos pequenos ao estado gaúcho.

As crianças da UMEI Dona Carmita participaram, na última semana, da Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia – Mostratec 2017, realizada no Rio Grande do Sul, com a apresentação do trabalho “Terra na Mão”. A iniciativa rendeu a elas, na categoria Educação Infantil, o prêmio destaque por representarem o único projeto de educação infantil fora do estado do Rio Grande do Sul.

A credencial dos meninos de 4 anos à participação nessa que é uma das maiores feiras científicas da América Latina e a maior do Brasil, foi devido à manutenção e o cuidado que eles realizam no pomar e no mini-horto existentes na instituição de ensino.

Essa prática que incentiva o cuidado com plantas frutíferas e não frutíferas já havia sido premiada na 1ª Feira de Iniciação Científica em Mateus Leme, dentro da Femic Júnior - ocasião em que as crianças foram credenciadas em agosto à participação da feira no estado gaúcho.

 "Ficamos em terceiro lugar geral, o que é um grande reconhecimento, e ainda recebemos essa credencial para levar nosso projeto à Mostratec, o que muito nos honra, pois significa o reconhecimento de um trabalho que realizamos junto às nossas crianças, além de elevar o nome de Mateus Leme para fora das fronteiras de Minas Gerais.”, disse a diretora da UMEI Dona Carmita, Karol Salomão.

 Ainda, segundo Karol, “diante desse grandioso passo na vida dos pequenos que, pela primeira vez, estiveram a bordo de um avião, e puderam mostrar o potencial científico em outro estado, não podemos deixar de agradecer a parceria e todo o apoio da Prefeitura de Mateus Leme, na pessoa do prefeito Júlio Fares, e ao vice, Roberto Rodrigues, além dos vereadores da Câmara Municipal, que arcaram com as passagens, com o transporte até o aeroporto, além do hotel, para que fosse possível a realização desse sonho. Também quero agradecer aos parceiros e amigos da Umei Dona Carmita que colaboraram com o custo das inscrições, com a alimentação e hospedagens das crianças e dos acompanhantes responsáveis. Agradecemos também ao secretário de Educação, Márcio Afrânio Santiago, e toda a equipe da Secretaria Municipal de Educação; aos funcionários, pais, familiares e amigos das crianças que também possibilitaram esse sonho.”, concluiu. 

Em uma cerimônia repleta de emoções, lembranças e reencontros,  servidores recém-aposentados da Prefeitura de Mateus Leme em 2017 foram homenageados no último dia 19 de outubro, pela administração municipal.

Ao todo, nove pessoas receberam ofícios que parabenizaram os servidores, destacando o legado construído durante todos os anos de serviço. Quatorze pessoas ainda serão homenageadas.

Foi feito um agradecimento pela oportunidade desses funcionários terem sido retirados dos papéis e trazidos novamente ao calor do convívio, para que pudessem ser agraciados pelo tempo que serviram à administração.

Também foi ressaltado o significado e o valor da aposentadoria. “A aposentadoria é um elo de mudança para uma reorganização espacial e temporal da vida e da identidade pessoal. É quando o indivíduo começa a se preparar para uma nova realidade. É preciso envelhecer para aprender novas experiências e atingir objetivos movidos pelos desafios de viver e de fazer os nossos sonhos acontecerem.”, disse o prefeito Júlio Fares. “Vocês deixam o ensinamento de que é possível desempenhar um bom trabalho mesmo diante das dificuldades enfrentadas”, concluiu.

Ao final da cerimônia, os convidados receberam a homenagem e participaram de uma confraternização com autoridades do Poder Executivo Municipal.

 A Prefeitura de Mateus Leme promove, no próximo domingo (29/10), o 2º Desafio Canviver, que tem como objetivo conscientizar as pessoas a uma vida saudável para o combate ao câncer, em suas mais diversas manifestações.

Na programação haverá caminhada, cujo percurso será de 3 km; além de bike - 25 km, e Trail Run - de 7, 11 e 26 km.

O evento também irá contar com o 1º desafio kids (corrida infantil) – uma novidade este ano, voltada aos alunos das escolas municipais, que deverão estar acompanhados pelos pais.

As práticas têm início às 8h, com término previsto para as 15h. E a expectativa, de acordo com a organização, baseada nas inscrições, é de que mais de mil pessoas compareçam ao 2º Desafio Canviver, contando com as que poderão se inscrever antes do início das atividades esportivas.

 Atividades do evento

- Circuito funcional – academia Atives

- Crossfit: Team Wod

- Aulão de zumba – academia Movemente

- Shows musicais (com bandas) – Banda Radiação, Mais Atitude, Chulaska, Ana Melo, Jhony – a partir das 11h.

- Teste pisada

- Demonstração de maquiagem.

 Demais ações de conscientização

            Ainda na pauta de ações de conscientização, o 2º Desafio Canviver contará com palestras que serão ministradas por profissionais renomados na área, conforme programação que segue abaixo:

             Dia 30.10 – 8h30 - Palestra Interativa com o médico oncologista Ricardo Caponero; com  a master coach Mary Caponero, e com a nutricionista, especialista em psico-oncologia e coach em mindfulness e mindful eating, Rafaela Peixoto. O público-alvo são os alunos do ensino médio de escolas estaduais do município.

 Dia 31.10 – 8h - Palestra Interativa com o médico oncologista, Ricardo Caponero; com  a master coach, Mary Caponero, e com a psicóloga, psico-oncologista e coordenadora de pós-graduação nos curso de psico-oncologia e cuidados paliativos da Faculdade de Ciências Médicas, Marilia Aguiar. A palestra será voltada aos profissionais das áreas da Saúde, Educação, secretariado, e autoridades dos poderes Executivo e Legislativo.

 A atividade faz parte da programação das ações da Campanha Outubro Rosa e Novembro Azul no município, com o objetivo de conscientizar a mulher sobre os cuidados e prevenção ao Câncer de Mama e o homem sobre o câncer de próstata.