A Prefeitura de Mateus Leme, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, informa que está realizando a supressão das árvores da espécie Caesalpinia Pluviosa, conhecidas como sibipirunas, localizadas na calçada do “Centro Comunitário” (avenida Getúlio Vargas, 690, Centro, Mateus Leme) -.imóvel de propriedade da administração municipal.

A prefeitura ressalta que a medida foi necessária, uma vez que, após a realização de vistorias e estudos, constatou-se que as espécies, já adultas e de médio porte, colocam em risco a integridade física dos munícipes e da rede de energia elétrica – já que, devido a fatos de força maior, poderiam ser causa de acidentes com vítimas e queda de energia em parte do município.

Antes da ação definitiva, a prefeitura analisou vários fatores, nos quais detectou rachaduras no passeio do imóvel, por causa da exposição de raízes, que também causam perigo de acidentes aos transeuntes, principalmente de pessoas idosas que diariamente trafegam pelo local, além de fissuras na construção civil.

Outro fator considerado, anterior à medida definitiva, foi a saúde das árvores, já que, com as reiteradas podas corretivas realizadas pela concessionária de energia elétrica – Cemig, para a retirada dos galhos que poderiam entrar em contato com a rede de alta tensão, ocasionando curtos-circuitos e falta de energia na região, as sibipirunas ficaram completamente desprovidas de copa. Sem mencionar que, foi comprovada, por meio de laudos, a existência de uma rede de distribuição de água sob o passeio, o que gerou, em algumas situações, a necessidade de reparos, comprometendo as raízes das árvores.

Preocupada com o risco de acidentes, uma vez que, nos últimos meses, foi constatada a queda natural da espécie arbórea (sibipiruna) em áreas urbanas, tanto na capital mineira, como em outros municípios da região metropolitana, com recorrente incidência de óbitos nesses locais, a Prefeitura de Mateus Leme decidiu por zelar pela integridade de seus cidadãos.

Foi prezando por evitar danos materiais, acidentes e prejuízos que podem ser irreparáveis, como a vida dos seus munícipes, que a Prefeitura de Mateus Leme tomou a decisão da supressão das cinco sibipirunasexistentes no local.

A prefeitura reitera que as supressões serão compensadas com o plantio de outras espécies próprias para a arborização urbana em local adequado, seguindo o Manual de Arborização da Cemig.

Dessa forma, acreditamos estar aliando a segurança do cidadão e a preservação ambiental em Mateus Leme, trabalhando de forma responsável e transparente - Fatores Essenciais para uma GESTÃO EFICIENTE.