Títulos trazidos para Mateus Leme reforçam o conceito de cidade-berço mineira da Iniciação científica

Os alunos da escola estadual Domingos Justino Ribeiro participaram, na última semana, da 69ª edição da feira da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Ao todo, 30 atividades interativas foram apresentadas ao público. Neste ano, a UFMG Jovem foi integrada à programação da SBPC.

Ao todo, dez prêmios foram distribuídos entre os concorrentes. Além das medalhas de ouro, prata e bronze, duas escolas, um professor e quatro trabalhos foram selecionados na categoria destaque; sendo que o título de professora destaque ficou com a professora Fabíola Cristina Fonseca, da Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro. “Um dos meus sonhos sempre foi ser professora, e eu consegui realizá-lo”, comemorou.

Oito trabalhos do ensino fundamental, um professor e uma escola foram premiados na categoria ensino fundamental. O primeiro lugar ficou com o trabalho Educa 3D, da Escola Palomar, de Lagoa Santa. Já a segunda colocação foi conquistada pela equipe da escola estadual Domingos Justino Ribeiro, com o trabalho “Caracterização fitoquímica dos tubérculos da planta inhame”, orientado pela professora Fabíola Cristina Fonseca.

O trabalho Glossinha e a preservação de polinizadores – O que eu tenho a ver com isso?, sobre a vida das abelhas e o processo de polinização, ficou com o terceiro lugar.

As escolas ganhadoras receberam kits com material educativo, tablet e, no caso do primeiro lugar, bolsas de iniciação científica.

A pró-reitora adjunta de Extensão da UFMG, Claudia Mayorga, compartilhou suas impressões sobre os temas escolhidos pelos alunos nesta edição. “Estamos todos maravilhados com os trabalhos tão diversos e criativos. Na minha visão, esse evento conseguiu fomentar ainda mais o contato da universidade com a educação pública e privada, que é algo que temos trabalhado para fazer”, disse.

Equipes premiadas

1º Lugar – Escola Palomar Lagoa Santa. Trabalho: Educa 3D

2º Lugar – Escola Estadual Domingos Justino Ribeiro. Trabalho: Caracterização fitoquímica dos tubérculos da planta inhame (Dioscoreasp.)

3º Lugar – Escola Municipal Professora Maria Modesta Cravo. Trabalho: Glossinha e a Preservação de Polinizadores – O que eu tenho a ver com isso?

 

SBPC

Maior evento científico do hemisfério sul, a feira gratuita e aberta ao público teve início no domingo (16) e seguiu até sábado (22), no campus Pampulha da UFMG, em BH. A reunião anual agregou instituições, pesquisadores, professores, estudantes e demais amantes de ciência do país e do exterior. Em palestras, mesas redondas, cursos e atividades lúdicas, foram discutidos os avanços na área.