INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Setores de vital importância para o município e com crescimento acentuado nos últimos 20 anos, a área industrial e comercial tem exercido um papel muito importante no quadro sócio econômico da cidade. Na área industrial, destacam-se as empresas que fabricam peças automotivas, além das mineradoras e empresas do setor moveleiro. No setor comercial, destacam-se os empreendimentos voltados para o setor de confecção e prestação de serviços em seus mais diversificados meios.          Porém, para se conhecer o setor industrial e comercial de Mateus Leme, é importante reportar-se a décadas atrás, quando o município já possuía neles a sua maior fonte de receita e empregos.

Nos anos 70 algumas indústrias instalaram-se na cidade, incrementando a economia local, então resumida no pequeno comércio e na agropecuária de subsistência. A mineração tinha também seu espaço, porém, não possuía a importância econômica que caracterizava cidades como Ouro Preto e Conselheiro Lafaiete.

O principal impulso econômico à localidade foi a Instalação da Cervejaria Brahma, no ano de 1972, no então distrito de Juatuba. A empresa chegou a representar mais de 90% da arrecadação de ICMS do município e um crescimento enorme de serviços terceirizados na região.

Após a emancipação do distrito de Juatuba, foi gerada uma grande preocupação em torno da situação econômica de Mateus Leme, pois sem a Cervejaria, o município perderia consideravelmente sua arrecadação. Porém, com programas de incentivo ao setor industrial, outras grandes empresas instalaram-se na cidade, encontrando na mesma um local de fácil acesso à todas as macro regiões de Minas Gerais, com um povo trabalhador e com grande comprometimento.

Quanto ao ramo de atividade, percebe-se que as novas indústrias estão, em sua maioria, voltadas ao ramo de autopeças, principalmente após a instalação da Fiat Automóveis na cidade de Betim e sua exigência de entrega de componentes sob a modalidade denominada just in time. Desta forma, Mateus Leme transformou-se em um local estratégico para implantação destes fornecedores.

Ainda de acordo com o CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, no ano de 2009, apesar da crise econômica mundial, os empreendimentos presentes em Mateus Leme obtiveram um número de contratações superior ao número de demissões, o que gerou uma variação relativa de 6,45%, variação esta que representa praticamente o dobro do índice apresentado em toda Região Metropolitana de Belo Horizonte durante o mesmo período. Após levantamentos realizados no ano de 2011, o Município conta com cerca de 1300 estabelecimentos empresariais e é destaque ainda na divulgação da modalidade do Microempreendedor Individual, emplacando a cidade entre as 100 primeiras do Estado no cadastro desta modalidade.

COORDENADORIA DE CULTURA:

Este setor tem como objetivo principal trabalhar em movimentos voltados para o incentivo da cultura local, bem como elaborar planos de desenvolvimento a atividades culturais no Município, além de incentivar a promoção de festividades locais e apoio a manifestações tradicionais e culturais de Mateus Leme.

 

BIBLIOTECA PÚBLICA GERALDO ALVES DE OLIVEIRA:

A Biblioteca Pública Municipal Geraldo Alves de Oliveira foi criada através da Lei Municipal nº. 732, de 10 de maio de 1970 e tem como principais objetivos: criar e fortalecer o gosto pela leitura nas crianças, jovens e adultos; apoiar a educação formal e autodidata em todos os níveis; proporcionar aos usuários um contato com o mundo das letras através de eventos culturais; fortalecer a cultura local e garantir acesso livre e irrestrito à informação para os cidadãos do município. Atualmente, O acervo da biblioteca é bastante variado, composto de 45 mil exemplares, sendo a maioria literatura e livros para pesquisa, atendendo a toda comunidade de Mateus Leme.

SINE – Sistema Nacional de Emprego

                No dia 13 de abril de 2011 foi inaugurado o SINE – Sistema Nacional de Emprego. Esta inauguração foi fruto de um convênio assinado entre a Prefeitura de Mateus Leme e o Governo de Estado, através da SETE – Secretaria Estadual de Trabalho e Emprego. Este setor trouxe um tratamento diferenciado ao trabalhador e ao empresário local, oferecendo serviços de qualidade e garantindo maior acessibilidade ao mercado de trabalho. São realizados no SINE, além dos serviços básicos que uma Unidade deste porte oferece, diversos treinamentos voltados para capacitação da população do Município.